LG almeja liderar o fornecimento global de soluções de energia solar

  • Atualizada
  • 08-27-2010

A LG Electronics anuncia que planeja expandir significativamente seu negócio de energia solar, o que levará a empresa a investir US$ 820 milhões (KRW 1 trilhão) nos próximos cinco anos em sua fábrica de células solares de Gumi, a sudeste de Seul. A energia solar é uma das principais estratégias de crescimento futuro da LG e o investimento elevará a capacidade de produção da empresa para mais de 1GW (gigawatt), gerando US$ 2,4 bilhões (KRW 3 trilhões) em vendas até 2015.  

A LG concluiu a construção de sua primeira linha de células solares com capacidade de 120 megawatts em Gumi no final de 2009, após converter uma linha de produção de módulos PDP em linha de produção de painéis solares. A divisão de energia solar da LG foi lançada oficialmente este ano, quando a fábrica iniciou a produção em massa de células e módulos solares cristalinos a partir de wafers de silício. A produção será expandida novamente este ano com a entrada em operação de outra linha de produção de células solares de 120 megawatts, o que elevará a capacidade total para 240 megawatts.  
No início de junho, durante a Intersolar ─ maior feira de energia solar do mundo realizada na Alemanha ─ a LG chamou a atenção de comerciantes de energia solar do mundo inteiro ao anunciar a venda de toda sua produção de 2010 (120 megawatts). Na mesma ocasião, a empresa revelou que já havia interessados em comprar sua produção de 2011.  
]
“Estamos determinados a fazer da LG uma líder no setor de energia solar renovável e nossa fábrica de Gumi é a peça central dessa visão”, diz Kwan-shik Cho, vice-presidente da Divisão de Energia Solar da LG. “O setor de pesquisa e desenvolvimento, o know-how e a força da marca da LG serão fatores cruciais nessa empreitada.”