LG inicia operação da unidade de Energia e Iluminação no Brasil

  • Atualizada
  • 04-03-2012

A LG Electronics amplia suas áreas de atuação e inicia operação da unidade de negócios Energy Solution (Energia Solar Fotovoltaica - conversão da energia solar em energia elétrica - e iluminação eficiente), no mercado brasileiro. Desde o ano passado, a estratégia vem sendo estudada para que a empresa trouxesse ao Brasil um portfólio voltado para o mercado corporativo e tecnologia diferenciada na área de iluminação.


Essa área pertence à unidade de negócios AE (Air Conditioner and Energy Solution) – que oferece soluções de Ar Condicionado, Energia e Iluminação e as apostas da LG estão nas construções sustentáveis, que buscam a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) e alguns segmentos-chave que estão liderando a busca por produtos eficientes, como redes hoteleiras e shoppings. Grandes eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas já começam a impulsionar os negócios em todos os segmentos, mas existe uma preocupação especial em obras de infraestrutura urbana, no qual iluminação é primordial.


“A expectativa é que o negócio represente 10% do total da área de AE nos próximos quatro anos para a companhia. A LG é a única empresa que pode ofertar soluções de iluminação, refrigeração e eco-geração para construções sustentáveis, além de oferecer assessoria consultiva a seus clientes”, afirma Alexandre Borin, gerente-geral da área de Energy Solution da LG.
Toda essa mobilização já representa uma nova estrutura para atender as demandas que estão por vir. O portfólio de produtos, que tende a duplicar de tamanho até o final do ano, conta com lâmpadas e luminárias (iluminação LED), painéis solares e Plasma. Essa tecnologia exclusiva da LG revoluciona a iluminação outdoor. Ao contrário dos sistemas existentes, a tecnologia Plasma não contém metais pesados como o mercúrio, possui alta durabilidade, proporciona excelente conforto visual e tem durabilidade até 4 vezes maior quando comparada às tecnologias existentes.


“A LG está atenta às questões de capacitação, inovação e sustentabilidade para garantir que os negócios continuarão crescendo mesmo depois dos próximos grandes eventos esportivos”, declara o executivo.  “Em cinco anos, a LG almeja alcançar 30% de market share no mercado de iluminação”, conclui Borin.


Com o início da operação e grandes investimentos da matriz no país, as primeiras vendas já começam a se concretizar e clientes em potencial dos segmentos de iluminação pública, hotelaria e green buildings se interessem pelos diferencias da LG, como grandes hospitais, construtoras e órgãos públicos.