LG Optimus 3D – Dicas dos fotógrafos da National Geographic para capturar imagens em três dimensões

  • Atualizada
  • 12-01-2011

A LG promoveu uma parceria com fotojornalistas da National Geographic com o objetivo de demonstrar os recursos fotográficos do Optimus 3D aos consumidores. Seis renomados profissionais receberam um dispositivo e criaram conteúdos em três dimensões. Posteriormente, eles deram dicas e opinaram sobre a qualidade das imagens produzidas com o celular. 
Equipado com duas câmeras de 5 megapixels, o Optimus 3D usa duas imagens que simulam os olhos esquerdo e direito para compor uma única foto. O cérebro, automaticamente, funde as imagens em apenas uma e,  nesse processo, obtém informações quanto à profundidade, distância, posição e tamanho dos objetos, gerando uma ilusão de visão em 3D. Este fenômeno natural é batizado de estereoscopia.
Conheça abaixo as experiências dos profissionais com o uso do Optimus 3D.


I. Dicas para as melhores fotos em três dimensões:

1. Aproxime-se
Para enfatizar ainda mais o efeito 3D, aproxime-se do objeto. Nas melhores fotos, o ponto focal estava a uma distância de 1 a 3 metros da câmera.

Legenda: Brian Skerry, fotojornalista da National Geographic, fotografa pingüins no Aquário de New England usando o LG Optimus 3D.

2. Crie camadas
Fazer fotos em 3D é como montar uma pizza: quanto mais camadas na cobertura, mais complexo é o sabor. Mostre múltiplas “camadas” de profundidade para agregar dimensão.

Legenda: Steve Alvarez, fotojornalista da National Geographic, captura imagem em Budapeste, Hungria, usando o LG Optimus 3D.

3. Centralize o objeto da foto
Coloque o objeto da foto no centro para criar um efeito 3D mais natural e evitar que ele seja cortado pelo enquadramento.

Legenda: Justin Guariglia, fotojornalista da National Geographic, centraliza o tema de sua foto usando o LG Optimus 3D em Taipei, Taiwan.

4. Fique imóvel
O obturador é um pouco mais lento quando tira fotos em 3D. Permaneça imóvel enquanto a câmera faz os cálculos para capturar a imagem.

Legenda: Brian Skerry, fotojornalista da National Geographic, fotografa rinoceronte no Zoológico de Southwick.

5. Capture as cores
A tecnologia 3D adora cores. Portanto, escolha temas coloridos. Quando a imagem for exibida no LG Optimus 3D, as cores se irradiarão em três dimensões – literalmente.

Legenda: Bryan Harvey, fotojornalista da National Geographic, faz sua foto nos Outer Banks, da Carolina do Norte.

6. Aproveite as pequenas partículas
Ao capturar imagens, procure temas que contenham pequenas partículas em movimento (folhas ao vento, gotículas de água). Esses itens podem ganham realce com a tecnologia 3D.

Legenda: Steve Alvarez captura objeto em Budapeste, Hungria, usando o LG Optimus 3D.

7. Exiba as fotos
A fotografia tridimensional é algo bastante recente. Assim, mostre suas fotos, seja no computador, na televisão ou no celular. As pessoas adoram ver o mundo de um jeito diferente.

Legenda: Crianças impressionadas com as fotos e vídeos 3D capturados no Outer Banks, Carolina do Norte, por Bryan Harvey, fotojornalista da National Geographic.

8. Faça experiências
Para a maioria das pessoas, a fotografia em 3D é uma experiência completamente nova. Assim, divirta-se e vá descobrindo o que funciona melhor. Quem sabe você não nos ensina alguns truques novos!

Legenda: Justin Guariglia, fotojornalista da National Geographic, captura sua foto usando o LG Optimus 3D em Taipei, Taiwan.

9. Adapte suas preferências
Com o LG Optimus 3D você conseguirá ajustar certos elementos facilmente. Utilize o controle manual e tente modificar a exposição e o equilíbrio de branco. Esse foi um dos recursos que mais impressionaram os fotógrafos da NatGeo que participaram deste projeto colaborativo. Além disso, o exclusivo controle de profundidade 3D do LG Optimus 3D permite que você ajuste à vontade a profundidade do efeito.


10. Luzes, câmera, ação!
Os fotógrafos buscam capturar o momento perfeito, com a luz correta. Ao fotografar com o celular aproveite as situações de luz direta e indireta (seja ela natural ou artificial) para criar imagens vívidas.

Legenda: Brian Skerry, fotógrafo da National Geographic, captura sua foto usando o LG Optimus 3D no Aquário de New England.

II. Finalização - Mantenha a perspectiva em 3D
Todas as fotos e vídeos 2D podem ser convertidos para 3D com um simples clique no LG Optimus 3D. Embora você possa brincar com diversos ângulos e distâncias, levar em conta as dicas para as fotos dadas pelos fotógrafos da National Geographic podem ajudar bastante também na conversão das imagens bidimensionais. 

Citações
 “Minha recomendação é que as pessoas realmente aproveitem o controle manual” - Stephen Alvarez.
 “Definitivamente, já consigo ver um futuro próximo no qual os fotógrafos da National Geographic estarão fotografando com câmeras de celulares.” - Stephen Alvarez.
 “Quanto mais camadas você tiver, mais interessante a foto se torna, dimensionalmente.” - Justin Guariglia.
 “As pessoas não percebem que, no futuro, nosso mundo só será mostrado em 3D; não haverá mais imagens planas, em 2D.” - Steve Winter.


Biografia dos Fotógrafos da National Geographic Assignment 

Stephen Alvarez: Fotojornalista
Stephen produz histórias sobre exploração, cultura, religião e conseqüências de conflitos. Ele fotografa para a National Geographic desde 1995. Suas imagens já foram premiadas pelo Pictures of the Year International e pela revista Communication Arts e foram exibidas no festival Visa Pour L'Image, na cidade francesa de Perpignan. Stephen participou recentemente de programas na NPR, PBS e do CBS Sunday Morning. Ele mora com sua família em Sewanee, no Tennessee.


Brian Skerry: Fotojornalista
Brian é um fotojornalista especializado na fauna marinha e ambientes subaquáticos. É fotógrafo contratado da Revista National Geographic desde 1998, cobrindo matérias que celebram o mistério e a beleza dos mares e ajudando a chamar a atenção do público para o grande número de problemas que colocam em risco os oceanos e seus habitantes. Brian costuma passar oito meses por ano em campo e, com freqüência, surpreende-se trabalhando em ambientes extremamente contrastantes, como um recife de corais tropicais e mergulhos no gelo polar. Seus trabalhos já o levaram a viver no fundo do mar, a passar meses a bordo de barcos de pesca e a viajar em todo tipo de veículo, como snowmobiles, canoas e um dirigível da Goodyear. Nos últimos trinta anos, acumulou mais de 10.000 horas debaixo d’água. Também é presença constante em programas como o Today Show, da NBC, Sunday Morning, da CBS, e Good Morning America, da ABC.

Bryan Harvey: Fotojornalista
Filho de um renomado fotojornalista, Bryan cresceu viajando o mundo a trabalho. Aprendeu a fazer vídeos quando ainda era bem jovem e adquiriu o gosto por descobertas e explorações enquanto escalava as pirâmides maias em Yucatán. Acampava com tribos de caçadores de cabeça, em Bornéu, e cavalgava elefantes na Malásia. Assim, o cinema e a fotografia se tornaram uma progressão natural e Bryan é hoje um premiado cineasta. Quando não está em alguma localidade remota a serviço do National Geographic ou do Discovery, Bryan pode ser visto em seus adorados Outer Banks, perseguindo a luz, o vento e as ondas do local com a mesma paixão.

Justin Guariglia: Fotógrafo/Editor Colaborador

Justin já rodou o mundo cobrindo os mais variados tópicos, como Umbria, no norte da Itália; os efeitos do Dzud, inverno extremo da Mongólia; as minas de enxofre do leste de Java, na Indonésia; e o meio ambiente e a natureza da Ilha Sable, no litoral da Nova Escócia. Em seu trabalho, enfatiza principalmente pessoas e lugares, no contexto das culturas mundiais e do meio ambiente. É autor de três livros, entre eles, Shaolin: Temple of Zen (2007), que fez dele o primeiro fotógrafo da história a documentar os verdadeiros monges do templo de Shaolin; Planet Shanghai (2008), resenhado no New York Times e New Yorker; e Johor: Asia Latitude One (2011), que combina cenas de paisagem aérea com retratos intimistas do povo da Malásia. Justin foi indicado ao Young Photographer Infinity Award do International Center of Photography, recebeu dois prêmios Photo of the Year, entrou para a lista dos “30 Jovens Fotógrafos com menos de 30 anos” da Photo District News, e têm suas imagens representadas pela National Geographic Image Collection, em Washington D.C.

Peter Hutchens: Fotojornalista/Cinegrafista

Peter vem filmando e produzindo documentários há mais de uma década. Seu interesse em filmes começou na infância, período em que percorreu o mundo e morou nos EUA, China, África do Sul e Filipinas. Seus trabalhos o levam para todos os cantos do mundo: já cobriu conflitos fronteiriços no sul da África, percorreu a Rota da Seda no oeste da China e documentou o sistema prisional dos EUA. Ajudou a criar séries para os canais National Geographic e Discovery e seu trabalho pode ser visto no filme War/Dance, indicado ao Oscar. Em 2011, recebeu o prêmio de Melhor Fotografia do Sundance Film Festival por seu trabalho no filme The Redemption of General Butt Naked, que conta a história de um chefe de milícia liberiano que se tornou evangelista. Além disso, Peter e seu irmão fotojornalista Jeff são o tema de uma série de viagens de seis episódios, exibida pelo National Geographic Channel. O programa acompanha os irmãos enquanto eles documentam regiões remotas da China com suas lentes. Quando não está trabalhando, Peter considera Brooklyn, NY, seu lar.

Steve Winter:  Fotojornalista
Steve já foi atacado por rinocerontes na Índia, perseguido por onças-pintadas no Brasil, assaltado por um urso pardo de mais de 3 metros na Sibéria, ficou preso em areia movediça na maior reserva de tigres do mundo em Mianmar e dormiu por seis meses em uma barraca, a uma temperatura de menos quarenta graus, à procura de leopardos das neves. Sobrevoou vulcões em erupção e visitou vilas remotas cujos habitantes nunca tinham visto um estrangeiro loiro – ou uma câmera. Essa é a vida com a qual ele sonhou durante sua infância na zona rural de Indiana: viajar o mundo como fotógrafo da National Geographic. Steve trabalha para a National Geographic desde 1991 e acredita ter o melhor emprego do mundo. Em 2011, sua matéria para a National Geographic sobre o Parque Nacional de Kaziranga, em Assam, Índia, venceu o Global Vision Award da Pictures of the Year International. Outros de seus prêmios são: Fotógrafo da Vida Selvagem do Ano 2008 da BBC/The Natural History Museum e primeiro lugar na categoria Nature Story da edição 2009 do concurso World Press Photo. Uma das imagens de seu premiado portfólio foi eleita recentemente uma das “40 Fotos de Natureza de Todos os Tempos”, pela International League of Conservation Photographers, e conquistou o 2010 FotoWeek DC na Categoria Conservação Ambiental.

Sobre a LG Electronics, Inc.
A LG Electronics, Inc. (KSE: 066570.KS) é uma empresa inovadora e líder global em tecnologia para eletrônicos de consumo, telefonia móvel e eletrodomésticos, empregando mais de 100 mil pessoas em suas mais de 160 operações em todo o mundo. Com vendas globais de 55,8 trilhões de won coreanos (48,2 bilhões de dólares) em 2010, a LG é composta por quatro divisões de negócios – Home Entertainment, Mobile Communications, Home Appliance e Air Conditioning & Energy Solutions. A empresa é uma das maiores fabricantes mundiais de TVs de tela plana, dispositivos móveis, condicionadores de ar, lavadoras de roupa e refrigeradores. A LG firmou um contrato de longo prazo com a Fórmula 1™, tornando-se uma Parceira Global e Parceira Tecnológica da Fórmula 1™. Como parte dessa parceria estratégica, a LG passou a ser a marca oficial dos eletrônicos de consumo, celulares e processadores de dados desse evento esportivo global, com denominações e direitos de marketing exclusivos. Para mais informações, visite o www.lg.com.  

Sobre a LG Electronics no Brasil
Operando no Brasil desde 1996, a LG Electronics comercializa no País um extenso line up de produtos, com mais de 700 itens, entre TVs de Tela Fina (LED LCD, LCD e Plasma), TVs CRT Slim (tubo reduzido), DVDs, Home Theaters, Mini Systems, Micro Systems, Som Automotivo, Monitores LCD LED, LCD e CRT para PCs, Notebooks, Netbooks, Dispositivos Ópticos, Digital Photo Frame, Celulares, Smartphones, Condicionadores de Ar, Adegas Residenciais, Micro-ondas, Forno 2 em 1 – Solardom, Aspiradores de Pó, Refrigeradores, Lavadoras de Roupa e Lavadoras/Secadoras de Roupa. A companhia fabrica localmente a maioria dos produtos que comercializa no Brasil.
Ao todo, a empresa possui cerca de 5.500 mil colaboradores em todo o País. Em 2010, a LG faturou R$ 3.1 bilhões no País. Atualmente, a LG Brasil é um dos principais focos de negócios da LG Electronics global, estando entre as duas subsidiárias de maior importância para a companhia. 

###