Se por vezes a tecnologia pode parecer confusa, também é ela que nos permite tornar o nosso dia a dia bem mais fácil e intuitivo. Se ainda não ouviu falar de casas inteligentes, domótica ou automação residencial, descubra neste artigo como pode, ainda hoje, com algumas dicas e gadgets extra, trazer futuro para dentro da sua casa.

A verdade é que, neste momento, qualquer habitação tem uma ligação internet Wi-Fi, muitas delas têm aparelhos eletrónicos conectáveis, mas, no entanto, ainda pouco uso se dá a estas “funcionalidades inteligentes”.

O que é afinal uma casa inteligente?

Uma casa Inteligente, casa conectada ou casa do futuro, é um conceito que integra todas as componentes de uma casa residencial comum num sistema único de automação, permitindo a monitorização e controlo total através de um aparelho eletrónico e à distância (utilizando o seu telemóvel ou tablet, por exemplo).

Mais do que o controlo facilitado do seu lado, uma casa realmente inteligente tem a capacidade de tomar decisões e dar feedback - para além de conseguir saber tudo o que se passa na sua casa a cada minuto, com este sistema a sua própria casa faz a gestão do lar.

Exemplos: o ar condicionado pode regular a temperatura de acordo com a do exterior, o sistema de rega do jardim pode apenas ligar-se caso o nível de humidade da superfície o pedir, a luz interior pode alterar a intensidade de acordo com a quantidade de luz natural que está a entrar em sua casa e até o ferro de passar a roupa, que sem querer ficou ligado, consegue desligar-se sozinho assim que sai de casa.

Esta casa do futuro, associada a sistemas de inteligência artificial, consegue ainda otimizar processos, decorar rotinas, dar-lhe sugestões e tornar a sua casa o mais confortável e eficiente possível.

Quais as grandes vantagens?

São muitas as vantagens de uma casa inteligente. É a comodidade e conforto, a facilidade de controlo (através de uma app ou assistente de voz, por exemplo), a otimização do seu tempo e ainda, uma das maiores vantagens, poupar-lhe dinheiro.

Em termos financeiros, o peso da energia e recursos numa casa é gigante. Com um sistema destes mantém o seu conforto enquanto elimina os deslizes ou ineficiências energéticas em casa – uma casa do futuro é 100% otimizada para a sustentabilidade e utilização do mínimo de recursos necessários.

Seja com um termóstato que regula a temperatura apenas nos momentos certos, um sensor de movimento que só liga as luzes de uma divisão quando alguém está por lá ou um sistema de rega que só o faz quando é realmente necessário – todas estas pequenas otimizações significam poupanças significativas ao fim do mês.


Como posso tornar a minha numa casa do futuro?

Apesar de ser uma solução atrativa, tornar a sua casa antiga numa 100% inteligente exige algum trabalho especializado, requer recursos financeiros e não é fácil de instalar em todas as estruturas – para funcionarem a sério, muitas destas soluções precisam de integrar com os sistemas básicos da casa, sobretudo o elétrico. 

Contudo, um “futuro a 50%” já consegue facilitar em muito as suas rotinas, dando-lhe algumas das vantagens da domótica com pequenos dispositivos que qualquer um pode conectar de forma fácil.

Assistentes de Voz

Se a casa do futuro estará 100% conectada, esta é a ferramenta perfeita: os especialistas dizem que um assistente virtual, neste momento, tem mais de 45 mil funcionalidades e consegue controlar algo como 13 mil aparelhos de Smart Home.

Apesar de essenciais para a futuro das nossas casas, estes assistentes já são o nosso presente. Se nos Estados Unidos já estão em mais de 40 milhões de casas, por cá já começam a surgir, mesmo ainda não existindo uma versão em português 100% funcional.

Um assistente destes consegue controlar dispositivos através da voz, fazer chamadas, encomendar comida, escolher música e tocá-la, dizer-lhe as notícias do dia, lembrá-lo de compromissos e reuniões, gerir a sua lista de compras, dizer-lhe quais os filmes que estão em exibição no cinema, mostrar-lhe receitas, entre tantas outras funcionalidades.

Integrando com os sistemas de sua casa, com um destes assistentes, consegue controlá-la na totalidade, ligar, desligar e regular dispositivos, agendar e alterar definições, tudo isto utilizando apenas a sua voz.

Uma forma de ter uma primeira experiência com um assistente de voz é, por exemplo, ter em sua casa uma OLED – esta televisão desenvolvida pela LG tem integrado um sistema de reconhecimento de voz que lhe permite mudar de canal, fazer pesquisas no google, ir ao email, ver meteorologia, notícias ou mesmo vídeos no youtube, entre outras possibilidades.

Outro aliado forte para a sua rotina inteligente é o telemóvel LG G7 THINQ, com reconhecimento de voz, câmara desenvolvida com Inteligência Artificial e total integração com o Google Assistant.

Caso esteja empenhado em dar o passo completo, apresentamos-lhe os CLOi, a sua próxima solução de assistente e que tornará a sua casa e rotina bem mais eficientes.


Tomadas inteligentes

Este é o primeiro passo para começar a automatizar a sua casa sem gastar muito dinheiro. Basta colocar uma bridge conectável em cada tomada e consegue controlar todos os aparelhos eletrónicos de sua casa através do telemóvel, tablet ou utilizando a sua voz, no caso de já ter um assistente virtual.


Eletrodomésticos inteligentes

Se este é o futuro, as grandes marcas de eletrodomésticos começam a responder já no presente. Cada vez há mais aparelhos inteligentes a surgir no mercado, capazes de integrar assistentes virtuais, conectar a outros sistemas e que trazem, na maioria dos casos, apps de gestão que lhe permitem controlá-los remotamente.

A LG, por exemplo, é uma pioneira no desenvolvimento destes dispositivos, contando com uma das mais vastas gamas de tecnologia inteligente do mercado e uma app central onde consegue controlar tudo o que se passa em sua casa, sem inconvenientes nem custos associados.

Para além de integráveis com assistentes de voz e outros dispositivos, todos estes eletrodomésticos podem ser controlados pela app SmartThinQ – onde consegue acompanhar o desempenho dos seus aparelhos, receber relatórios, ligá-los, desligá-los e definir funcionalidades.

Para além disso, recebe ainda notificações quando a porta do seu frigorífico LG é deixada aberta ou quando há necessidade de manutenções, e permite ainda outras funcionalidades como iniciar e parar ciclos de lavagem da sua máquina de lavar a roupa inteligente.

Tudo isto pode ser feito através da SmartThinQ e dos seus eletrodomésticos inteligentes, dando-lhe uma nova forma de gerir a sua casa e fazendo-lhe ganhar tempo e eficiência.

Já sente o futuro a chegar?

Nunca a frase “o futuro começa hoje” fez tanto sentido. Estas são apenas algumas dicas práticas para começar a tornar a sua casa mais inteligente e a conseguir prepará-la para o futuro que se avizinha.

Na casa do futuro tudo é mais rápido e conveniente, com uma gestão mais eficiente, centralizada e fácil de controlar na palma da sua mão e onde quer que esteja. Mais do que o local onde mora, a sua casa torna-se sua parceira, adaptando-se às suas necessidades e aprendendo com isso.

Life’s Good!